terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Crónica 26

Falemos de preconceitos – de preconceitos contra: tímidos; indivíduos de direita; velhos; pilosidade abundante; calvície; gente que escapa a categorias simples; gordos; gente que não é progressista [ou “pá frentex”]; ilhéus; gente da cidade; homens; indivíduos que não envergam piercings, tatuagens e colorações capilares; gente que carrega livros – e que os lê; solitários; gente que tem os preconceitos mais mediatizados; gente que não abomina os preconceitos mais mediatizados; quem mete os polegares nos bolsos; indivíduos que não têm “personalidade forte”; avarentos; indivíduos que assobiam em público; quem conta piadas amarelas; quem ri de piadas amarelas; quem não ri; quem ri com estardalhaço; corcovados; desengonçados; feios; cicatrizes; quem não se limita a ouvir; quem tem calma; gente que olha nos olhos; gente que olha com intensidade; desastrados; indivíduos que têm sotaque; cemitérios; a história – a memória – o passado; loquazes; tagarelas; gente que ajuda sem pedido e aviso prévios; gente que dá conselhos sem pedido e aviso prévios; competentes arrogantes; competentes humildes; enfim; católicos; melancólicos; padres; bons sermões; padres celibatários; celibatários em geral; a bíblia; uma biblioteca; fumadores; viciados em substâncias mortíferas e sujas; viciados em hábitos mortíferos e sujos; carne mal passada; pessoas que comem carne mal passada; pessoas que comem carne; curvas – rabos, mamas, barrigas; gente que nomeia, descreve, analisa e sintetiza preconceitos; gente que mostra que, no comércio de preconceitos, há vários mercados, produtos e redes de distribuição; palhaços; o horrendo; gente que não se assusta; gente que sorve a sopa; gente que não se indigna; gente que é suposto…; gente que deveria…; gente de origens humildes; pobres altivos e orgulhosos; pobres; ponderados; descrentes ou ateus plácidos e tranquilos; gente que não odeia; homens que se levantam quando chega uma mulher; mulheres que não se levantam quando chega um homem; pessoas que não dão mimos materiais a crianças; pais solteiros; pais ordeiros; indivíduos que não gostam de animais domésticos; axiomas e aforismos; indivíduos que escrevem axiomas e aforismos; línguas mortas; gente morta; a morte; gente que vai morrer [“Ave, populus, morituri te salutant!”]; preguiçosos; listas; gente que sabe coisas e que as declama como listas; gente que opta pela barricada errada; gente que peca do lado errado; mulheres e homens que não são feministas; indivíduos que não falam de sentimentos; indivíduos que não falam dos seus sentimentos; indivíduos; cerimónias e formalidades; indivíduos cerimoniosos e formais; heterossexuais; indivíduos que não usam eufemismos e jargões.

Sem comentários:

Enviar um comentário